Faculdade Sudamérica

Cem mulheres acima de 60 anos participam do Projeto Movimente-se da Sudamérica

Cem mulheres com idade entre 60 e 80 anos estão participando ativamente do Projeto Movimente-se do curso de Educação Física da Faculdade Sudamérica. A iniciativa, que é coordenada pelo professor daquela instituição e doutorando, Mauro Lúcio Mazini Filho, conta com dois parceiros essenciais: a Academia Boa Forma e a Secretaria Municipal de Esportes de Cataguases. O projeto teve início em março deste ano com as avaliações das senhoras que se inscreveram para participar e, em julho, elas ingressaram na academia, que é vizinha da Faculdade Sudamérica onde vão permanecer até o final do ano.

O projeto, que é pioneiro na Zona da Mata, vai manter o grupo se exercitando por cinco meses, duas vezes por semana e, depois, fará uma pausa de um mês e, ao retornarem, todas serão novamente avaliadas a fim de conhecer o resultado de trinta dias sem fazer exercícios, explica Prof. Mauro Mazini. O projeto conta com a participação da aluna de Fisioterapia, Agda Regina Morais, que está no décimo período daquele curso e a coordenação é do próprio Prof. Mauro Mazini que está incluindo este projeto em sua tese de Doutorado na UFJF.

Sucesso é a palavra que pode definir o projeto. As senhoras participantes são unânimes em usar esta palavra ao falarem a seu respeito. Selma Soares, 62 anos, por exemplo, fazia hidroginástica e alongamento e resolveu participar do projeto para fazer musculação. "Adorei a academia e esta iniciativa porque temos acompanhamento profissional para todos os aparelhos e isso faz a diferença", disse lembrando que sua vida mudou para melhor depois de começar a se exercitar. Outra que também não deixa de ir a academia nos dias do projeto é Neusa Maria Morais de Souza, 79 anos. "Tenho vontade de continuar e não parar mais de fazer ginástica. Até conhecer este projeto eu só fazia exercício na roça, carregando caixa de abóbora que a gente planta lá. Estou muito satisfeita aqui", completou.

Lúcia de Aguiar Bastos, 69 anos, também participa do projeto desde o início e diz estar "super feliz com esta atividade". Segundo revelou sempre teve vontade fazer musculação e agora, por meio do projeto, "estou me sentindo mais disposta e com mais energia", revelou. Afirmando também querer continuar no projeto em 2018, Lucimar Biana Barroso, 61 anos, disse que trocou a hidroginástica pelas aulas do projeto e elogiou a iniciativa da Faculdade. "Foi muito bacana terem feito isso e espero poder continuar ano que vem", finalizou.

O proprietário da Academia Boa Forma, George José Rodrigues Lima, também está feliz com o projeto. "A maioria das pessoas que estão aqui nunca tiveram a oportunidade de entrar numa academia e hoje descobriram o seu valor e o quanto é importante para a saúde", disse. E completou: "muita gente que ainda não faz exercício em uma academia é porque não conhece os benefícios para a sua vida". Ele elogiou a parceria com a Sudamérica revelando que o projeto está "efetivamente mudando para melhor as pessoas que passaram a ganhar qualidade de vida", destacou.

O coordenador do curso de Educação Física da Faculdade Sudamérica, Prof. Mauro Mazini, acrescenta que não há custos para as participantes e o objetivo vem sendo alcançado. "Nossa meta era motivar as pessoas desta faixa etária a praticarem uma atividade física e estamos conseguindo. Todas as senhoras que estão no projeto aprovaram a iniciativa e estão gostando de participar dele", analisou.


Data de Publicação: 27/10/2017
Autor: Marcelos Lopes
Fonte: site Marcelo Lopes
Leia outras notícias

Endereço

Avenida Eudaldo Lessa, nº 627 Bairro Popular - Cataguases/MG

Telefone

(32) 3422-7879

Email

contato@sudamerica.edu.br
Seu navegador está desatualizado.
Clique aqui e faça o download de um novo browser para poder ter acesso ao site.